domingo, agosto 31, 2014

"Movimento d'artes" no passado fim-de-semana na sobreira

Todos os anos a associação "Vinha das Artes" organiza o evento "Movimento de Artes".
É o segundo ano consecutivo realizado na vila da Sobreira.
Teatro, moda, artesanato, muita musica também com músicos, Bandas e uma sessão de improvisos de músicos que lá estavam.
Alguns nomes que por lá passaram:
Paulo Kanuko, Vasco Balio (na fotografia), Toze Santos (Perfume/Blunder), Vítor Dias, Bruno Espinhaço
e muitos outros.

O Rui M. convidou-me mas tive pena de não poder ir. Estou em gravações.
Talvez da próxima.

As noticias dos Jornais de hoje

Lamentável
Nada de mais
Nada de importante nas noticias dos jornais
Hoje não há anuncios sugestivos
Já não se lê daquelas letras e palavras
De pessoas pensam que
Os filmes pornográficos são educativos
Não há "cravas"
Nem mulheres modernas
Como a noticia de uns dias atrás
Em que uma mulher obrigou a filha menor
A fazer sexo em grupo com ela e o namorado
Menos mal...foi detida
Como é triste
Procurar a felicidade
Onde ela não existe!
Mas começo a contrariar-me
Fico triste por não ter nada que escrever
Eu que tanto divulgo as relações a 2
De homem com mulher, claro
Eu que gosto sempre de uma fêmea
Com privacidade, claro!
Nós dois a sós.
Sem "snifs"
Nem viagra
Sem videos
Pois pode haver um "flagra"
Já não se lê nos jornais
Aquele "people" que diz que
Por amor não se fazem certas coisas
Das que dizem que
Sexo em grupo é desbunda
Das que gostam de leite estragado de desconhecidos
Sim, essas mesmas
Que dizem que os outros
Têm as doenças todas menos elas
As estórias banais e rafeiras dos casais
Daquelas mulheres tipo "rodilha"

E com isto tirei uma conclusão
Essa tal que falei à pouco
Não gostava nem do namorado nem da filha.






AV Super Sunshine

www.avsupersunshine.com

Endereço web da banda de Andy Victor. Os curiosos podem ver videos, as datas agendadas, fotos, biografia. Gostei desta banda.
Gostei também das palavras a quando do contacto de Andy Victor, que fez questão de subscrever o meu YouTube, fez um pedido de amizade no facebook, fã de Gritali no Reverbnation.
Gosta do som de Gritali, e os AV Super Sunshine tem um som excelente! Soberbo até!

Halemerry

www.reverbnation.com/halemerry





Randy Morris


www.reverbnation.com/rlmorrismusic

Quinta do Bill no coliseu do Porto

A QUINTA DO BILL estreia-se no Coliseu do Porto no próximo dia 25 de Outubro.

No ano em que comemoram 20 anos do lançamento do disco “Os Filhos da Nação” a banda apresenta-se no Coliseu do Porto para uma celebração com um concerto único:

QUINTA DO BILL & BANDA SINFÓNICA PORTUGUESA

 Para esta celebração a banda de Tomar recebe em palco a Banda Sinfónica Portuguesa, considerada recentemente como a melhor banda sinfónica do mundo.

Em palco serão recordados todos os êxitos da Quinta do Bill numa experiência folk sinfónica imperdível.



Dia 25 de Outubro, às 21h30 a festa da Quinta do Bill passa pelo Coliseu do Porto

Bilhetes à venda : Ticketline ; Coliseu do Porto

Preços dos Bilhetes: 17€ Plateia em pé e Frisas | 25€ Camarotes de 1ª | 30€ Tribuna

Aldina Duarte no Brasil



Numa co-produção da Radar dos Sons e da 78 Rotações e com o patrocínio da Caixa Económica Federal, ALDINA DUARTE atuará no Brasil, na CAIXA Cultural de São Paulo, ainda este mês. O espetáculo de Aldina Duarte foi especialmente escolhido para as comemorações dos 25 anos da CAIXA Cultural SP e dos 75 anos do edifício da Sé. Estão agendados quatro concertos que se realizarão nos dias 28,29,30 e 31 de Agosto, sempre às 19.15h. No domingo, 31 de Agosto, às 16h, a CAIXA Cultural SP promove ainda uma conversa ao jeito de tertúlia com Aldina Duarte e o público, estando esta limitada à participação de 20 pessoas, seleccionadas por ordem de inscrição.

“Aldina é uma espécie de furacão bom. O fado trouxe-a até todos nós, a curiosidade insaciável levou-a aos muitos cantos do saber. A voz dela, que numa misteriosa contracurva passa pelo coração antes de sair boca fora, não nos larga distraídos numa tarefa que não seja a de ouvi-la.”

Ana Sousa Dias


São Paulo irá ouvi-la e estamos certos de que outras cidades brasileiras se seguirão.


Mais pormenores sobre estes concertos

Show: “Aldina Duarte”
Datas: 28 a 31 de agosto de 2014
Conversa com a artista: 31 de agosto, domingo, às 16h (20 vagas)
Horário do espetáculo: de quinta-feira a domingo, às 19h15
Local: CAIXA Cultural São Paulo - Praça da Sé, 111
Entrada: franca (os ingressos poderão ser retirados na bilheteria a partir do meio-dia. Distribuição limitada a um par de ingressos por pessoa)
Capacidade: 80 lugares
Duração: 60 minutos
Inscrições para o bate-papo e informações: (11) 3321-4400
Classificação etária: livre
Informações: (11) 3321-4400
Acesso para pessoas com necessidades especiais
Patrocínio: Caixa Econômica Federal
Realização: 78 Rotações e Radar dos Sons

Próxima sessão "Antes cowboy que toureiro" na Sedofeita (Porto)

A próxima sessão Antes Cowboy que Toureiro será a 5ª e acontecerá na 4ª feira dia 3 de Setembro a partir das 22.00h no Canhoto, na Travessa de Cedofeita 60-62 no Porto. Contará com os concertos de Gobi Bear e Homem em Catarse.
Os concertos acontecem na cave do espaço, cujas características permitem um casamento único entre som e imagem.
Depois dos concerto há dj set de Manuel Molarinho até às 04.00h, só de música portuguesa, que está bem viva e se expande hoje para todo o tipo de universos estéticos.

Antes Cowboy que Toureiro são noites dedicadas à divulgação da música portuguesa e que têm também o objectivo de ajudar a criar um circuito para os músicos portugueses numa noite habitualmente adormecida para música ao vivo.

The Joy of Nature

The Joy of Nature é o projecto musical do açoriano Luís Couto, criado em 2006. A música absorve elementos da folk, ambient, indie e post rock,para criar as suas telas musicais através da experimentação.
Conta no seu catálogo com diversos discos, entre CDs, singles em vinilo e CD-Rs, editados por etiquetas de países tão diferentes como Austria, E.U.A., Polónia e Portugal.



The Joy of Nature acabou de lançar “Two Leaves Left”, um mini-álbum, editado numa edição limitada a 50 exemplares. Vem numa embalagem de cetim preto com duas folhas feitas em escamas de peixe. No interior, o CDr, que imita os discos em vinilo, vem numa embalagem jakebox (parecendo um origami).



“Two Leaves Left” Contém 7 novas canções e mais de 28 minutos de música.



O vídeo realizado para a sua última canção –“the boy with the gun waiting by the sea” pode ser visto através do link http://youtu.be/b7CWb9PfNCw

Outras duas faixas foram disponibilizadas através do soundcloud:

the locked king: https://soundcloud.com/luisrcouto/the-joy-of-nature-the-locked-king

the girl with razor waiting by the sea: https://soundcloud.com/luisrcouto/the-joy-of-nature-the-girl-with-the-razor-waiting-by-the-sea



"Two Leaves Left" é um disco sobre o isolamento, memórias do passado e a via para fora de tudo isso, “o grande vazio da alegria”.


Está disponível através da loja online de The Joy of Nature:

http://thejoyofnature.bigcartel.com/

ou através do e-mail thejoyofnature@gmail.com





https://www.facebook.com/thejoyofnature

http://thejoyofnature.bandcamp.com/

sexta-feira, agosto 29, 2014

Portuguesa Susana Silva torna-se famosa em Londres

Susana Silva é uma talentosa artista portuguesa que começou por vaguear pelas margens do Rio Tamisa em Londres e agora percorre as terras de sua magestade de norte a sul.

Susana canta para milhares que passeiam pelas margens do rio londrino. Já se tornou uma das mais famosas artistas de rua na capital inglesa e agora apresenta-se em várias salas inglesas promovendo o seu EP de originais "Words of Power".

Em Setembro estará por Portugal..

www.susanasilvamusic.com

www.facebook.com/susanasilvamusic

quinta-feira, agosto 28, 2014

domingo, agosto 24, 2014

Herculee

Este ano o verão tardou em chegar mas com ele chegou também Herculee, o projecto de estreia a solo de Herculano Saraiva.

Musico por intuição, compositor por vocação, diletante, Herculano Saraiva não é um rosto desconhecido no panorama musical. Natural do bairro de Alvalade em Lisboa, Herculano passou pelos My Friends & I e actualmente da voz aos Emilbus, banda de tributo a Sublime.

Gravado e produzido por Miguel Marques (Devil In Me, More Than A Thousand, Twelve2Go, Humble, Easyway) nos Generator Music Studios, "Pure Intuition", o assim intitulado álbum de estreia de Herculee é, instintivamente, uma homenagem a algumas das suas principais influências. De Bob Marley a Sublime, não esquecendo família e amigos, "Pure Intuition" é reflexo de um individuo optimista, positivo e perseverante. Combinando rock com reggae acústico, Herculee deixa que seja folheado o primeiro capítulo de um livro inacabado que vai sendo escrito ao sabor da vida.

Habituado a ambientes de banda, Herculano conta na sua estreia a solo com a colaboração de Ricardo Pires no baixo e ao vivo com Ivo Palitos na bateria.
Com lançamento previsto para o final do verão com o selo da Toothless Tiger Records, o álbum conta ainda com as participações especiais de Joana Anta no tema "No Sorrow", Ivo Palitos nos temas "A Bradley's Day" e "So Long" e da sua irmã, Sandra Sá Saraiva no tema "Father".

Genuíno e sentido, "Good Music", o primeiro single a ser extraído de "Pure Intuition", sintetiza na perfeição a estreia a solo de Herculano Saraiva, Boa música!

O tema pode ser ouvido em https://soundcloud.com/toothlesstigerrecords/herculee-good-music .

O concerto de lançamento está agendado para 5 de Setembro no Sabotage Club, no Cais do Sodré, em Lisboa. A entrada custará 5€ ou 8€ com oferta do álbum e a primeira parte ficará a cargo dos Groove Mood que não deixarão ninguém indiferente com o seu ska/punk/reggae contagiante.

Antes disso, Herculee fará um concerto de pré-lançamento no dia 30 de Agosto no Lorosae Beach Club na praia de S. João da Caparica.


https://www.facebook.com/toothlesstigerrecords
https://www.facebook.com/herculeemusic
https://www.facebook.com/GrooveMood

Tarantula ao vivo dia 12 setembro em S.Pedro do Sul

Dia 12 de Setembro de 2014, sexta-feira, Tarantula no Festival Lenteiro do Rio em S. Pedro do Sul (distrito de Viseu).
Para além do repertório de "Spiral of Fear", o oitavo e mais recente disco de originais, o quarteto de Valadares vai incluir no concerto clássicos de "Kingdom of Lusitania" recentemente re-editado numa edição limitada a dois formatos; "black vinyl" e "picture disc" . Discos disponíveis no local do concerto.
Produção: Espíritos Inquietos

[English]
Tarantula's next gig scheduled for the 12th of September [2014] at Festival Lenteiro do Rio in S. Pedro do Sul, Portugal. Some old classics from "Kingdom of Lusitania" will be included in the setlist to mark this epic's recent re-release in a limited edition on "black vinyl" and "picture disc" availableula at the concert's venue.

Tarantula
12 Setembro 2014
Festival Lenteiro do Rio
S. Pedro do Sul

+ Info
www.espiritosinquietos.pt
www.facebook.com/espiritosinquietost

Luis Represas ao vivo no Coliseu do Porto e CCB (Lisboa)

Luís Represas apresenta“Cores” ao vivo

Coliseu Porto 24 de Outubro

CCB 25 e 26 de Outubro

Luís Represas apresenta-nos o seu mais recente trabalho, “Cores” ao vivo no Coliseu do Porto a 24 de Outubro, em Lisboa no CCB a 25 e 26.
Em 37 anos de carreira, Luís Represas guarda consigo um repertório invejável, uma História dentro de muitas estórias reflectidas em discos, composições e canções, que se tornaram êxitos intemporais da música popular portuguesa.
Neste concerto intimista e ao mesmo tempo transversal, Luis Represas será capaz de captar ainda mais o espírito que existe na sua relação com o público e nos anos que foram percorridos lado a lado.
As músicas são apresentadas na sua essência, despidas…”

Concertos impossíveis de perder.

Bilhetes à venda : Ticketline

Preços dos Bilhetes: entre 5€ e 30€


sexta-feira, agosto 08, 2014

Guiões 2014


Chegou o GUIÕES, o 1º Festival Internacional do Guião Cinematográfico de Língua Portuguesa!
Se és um guionista/argumentista/roteirista e não te faltam ideias para filmes em Língua Portuguesa, agora já não tens desculpas. Independentemente donde estejas, é de ti que o GUIÕES precisa. Tens até dia 15 de Setembro para mostrares o que vales e com isso habilitares-te a inúmeros prémios, para além da hipótese de apresentares o teu guião aos principais agentes da indústria cinematográfica de Língua Portuguesa, em cerimónia própria que decorrerá no dia 22 de Novembro de 2014 nos Paços da Cultura de São João da Madeira.

Do que esperas?
Candidata-te já em http://www.guioes.com

Candidaturas abertas até dia 15 de Setembro de 2014. Formato Aceite: Longa-Metragem (50 ou mais páginas A4), escrita em Língua Portuguesa. Júri reconhecido na indústria criativa de Língua Portuguesa. Cerimónia do GUIÕES a 22 de Novembro de 2014 nos Paços da Cultura de São João da Madeira, com entrega de prémios, masterclasses, debates, sessões de pitching e presença garantida de inúmeros representantes da indústria cinematográfica de Língua Portuguesa.

CONCEITO

O GUIÕES nasce para ajudar a resolver três problemas:
1. Os baixos índices de criação e de produção cinematográfica em Língua Portuguesa.
2. A dificuldade que talentosos guionistas de Língua Portuguesa encontram para conseguir chegar a agentes, produtores, realizadores e investidores.
3. As queixas que agentes, produtores, realizadores e investidores fazem da dificuldade em arranjar guiões com potencial, quando normalmente eles próprios não aceitam/lêem submissões de guiões não solicitados.

Posto isto, é principal objectivo do GUIÕES estabelecer-se como um essencial ponto de contacto entre os guionistas de Língua Portuguesa e os agentes, produtores, realizadores e investidores que poderão dar sequência ao material criado. Ao mesmo tempo, o GUIÕES pretende ser uma alavanca para incrementar os níveis qualitativos de criação e de produção cinematográfica em Língua Portuguesa.

O GUIÕES só privilegiará duas coisas: o talento do autor e a qualidade do guião.

O resto é conversa.





GUIÕES - FESTIVAL INTERNACIONAL DO GUIÃO CINEMATOGRÁFICO DE LÍNGUA PORTUGUESA

UMA INICIATIVA



INFO@SQUATTERFACTORY.COM

OLIVA CREATIVE FACTORY
RUA DA FUNDIÇÃO 240
3700-119 SÃO JOÃO DA MADEIRA, PORTUGAL

Susana Félix ao vivo


Clicar na imagem para melhor visualização/leitura.

MUVI Lisboa’14: As Odisseias Musicais em competição

MUVI Lisboa’14: As Odisseias Musicais em competição

 

“Música em Pó”, “Stop Don’t Stop” e “A Sétima Vida de Gualdino”, entre outras, em competição no Palco Nacional e “Leave The World Behind”, “Good Ol' Freda” e “Our Vinyl Weighs a Ton" no foco do Palco Internacional



Apresentamos a competição de Odisseias Musicais (longas-metragens) nos Palcos Nacional eInternacional do MUVI Lisboa’14 – Festival Internacional de Música no Cinema, com filmes realizados em 2013 e 2014.

Das sete longas selecionadas nas Odisseias Musicais + Palco Nacional contamos com:
- “Música em Pó” de Eduardo Morais sobre colecionadores de vinil como o radialista cartaxense António José Portela, Edgar Raposo da Groovie Records, Heitor Vasconcelos colecionador de discos da Amália, João Carlos Callixto, escritor, colecionador e arquivista, Joaquim Paulo, autor dos livros "Jazz Covers" e "Funk & Soul Covers", José Moças com uma coleção única de 78rpm, Jota Cunha da Vinyl Experience, o A&R da Valentim e também DJ há trinta anos, Pedro Tenreiro, o maior colecionador português Rogério Matos, DJ Ride e Stereossauro, Rui Miguel Abreu, jornalista, radialista e DJ. Ver
Trailer.
- “A Sétima Vida de Gualdino”, de Filipe Araújo sobre Gualdino Barros, baterista “lenda do jazz” que lançou ‘jovens inexperientes’ como Jorge Palma, Bernardo Sassetti ou Dany Silva e que tocou com os grandes nomes do jazz, incluindo Nina Simone em Paris. Ver
 Trailer.
- “Stop Don’t Stop”, de Ana Branco, focado na responsabilidade do antigo Centro Comercial Stop no Porto como incubadora de mais de 100 bandas e 400 músicos que nele ensaiam regularmente, distribuídos ao longo dos seus três pisos, em lojas de paredes de vidro que arrendam ao mês por um preço simbólico. O Stop é a segunda casa de uma geração de músicos portugueses nos variados géneros musicais.
- “All in Black and Film”, de Eduardo Morais, sobre a banda The Poppers no estúdio de gravação, focado no processo de criação das suas músicas. Ver
 Trailer.
- “True - O Documentário”, realizado por Paulo Segadães, mostra o íntimo processo de gravação do mais recente disco de Legendary Tigerman no seu ‘covil’, onde impera a persistência, criatividade, colaborações, novos instrumentos e sons. Ver
 Trailer.
- “The Alchemy Of Spirit”, de DROI ID, acerca do Festival Boom, edição de 2012, com testemunhos de milhares de pessoas de todo o mundo - os boomers - que de dois em dois anos partilham as suas histórias, sonhos e uma realidade paralela durante o mês de agosto. Um modo de vida diferente, revolucionário, em harmonia com o planeta e com o próximo.
- “Mudar de Vida”, da dupla Pedro Fidalgo e Nelson Guerreiro, retrata a vida e obra de José Mário Branco, ao longo de sete anos. Músico, compositor, poeta, ator, ativista, cronista, produtor musical, José Mário Branco é o homem dos sete ofícios. Fala-nos de música, das suas convicções, da sua geração, do Estado Novo, da guerra colonial, da sua prisão e exílio. Não fosse ele o autor do tema “A Cantiga é uma Arma” ou de “F.M.I.” escritas há mais de 40 anos que não perderam a atualidade. Ver
Trailer.


As Odisseias Musicais + Palco Internacional contam com nove longas-metragens selecionadas:
- “Leave The World Behind”, realizado pelo premiado Christian Larson (Swedish Grammy Award) sobre a última tour dos Swedish House Mafia, que teve a sua separação oficial a 24 de março de 2013. O filme mostra-nos como este trio de DJs e produtores levou a música eletrónica aos tops, tocando um pouco por todo o mundo. Ver Trailer.
- “Our Vinyl Weighs a Ton (This Is Stones Throw Records)” realizado por Jeff Broadway que terá a sua estreia em Portugal na sessão de abertura do Muvi Lisboa’14. Esta longa conta a história da editora discográfica Stone Throw Records com entrevistas inéditas de Kanye West, Snoop Dogg, A-Trak, Mayer Hawthorne, PB Wolf, Common, Madlib, Questlove, Talib Kweli, Mike D (The Beastie Boys), Tyler the Creator, Dam-Funk. Ver
 Trailer.
- “Marina” filme biográfico realizado por Stijn Coninx sobre o músico italiano Rocco Granata que ficou conhecido mundialmente pelo tema ‘Marina’ em 1959. Durante a sua infância, Rocco mudou-se para a Bélgica, teve sucesso a tocar acordeão na sua banda "The International Quintet" e fez uma tour nos Estados Unidos. Uma aventura de um rapaz rebelde que seguiu a sua paixão pela música. Ver
 Trailer.
- “Deep City” de Dennis Scholl, Marlon Johnson e Chad Tingle sobre o impacto da Deep City Records na evolução da música soul e funk no sul da Flórida. Tendo como sede a cidade de Miami, esta editora marcou toda uma era de referência que começou por se mover na década de 60 entre pequenos circuitos de distribuição e que aos poucos conquistou uma posição de referência no mercado musical. História de inspiração e um reconhecimento há muito merecido para este pioneiro movimento musical. Ver
 Trailer.
- “Good Ol' Freda” realizado por Ryan White sobre Freda Kelly e os seus 11 anos ao serviço da banda The Beatles como fiel secretária. Freda conta a sua história pela primeira vez depois de terem passado 50 anos desde esta aventura que mudou a sua vida. Ver
 Trailer.
- “Castle Crash” de Arsen Oremovic, retrata como Matej Meštrović, pianista e compositor, e a Orquestra de Percussão SUDAR captaram sons para a composição do disco no Castelo de Sv. Križ Začretje, na Croácia. Enquanto que o som é captado do eco vindo das paredes do castelo, o pianista e a sua banda criam uma sonoridade única, paralela à estranha história da dona do castelo que vive em circunstâncias de extrema pobreza, apesar de toda a exuberância e luxo que a rodeiam. Esta é a história sobre a banda musical de Matej Meštrović, mas também uma dura crítica a uma sociedade indiferente e negligente sobre o património cultural. Ver
 Trailer.
- “The Labèque Way” de Felix Cabez, produzido pela produtora de Pedro Almodóvar (El Deseo) sobre duas grandes pianistas, Katia e Marielle Labèque, que através deste documentário mostram as suas interpretações com diversos músicos, ressaltando a música enquanto forma de constante crescimento não só como artistas mas como mulheres. Trata-se de um retrato da sua residência artística na cidade de Valladolid onde esta dupla de irmãs explora a sua paixão pela cultura espanhola por entre diversas aventuras musicais. Ver
 Trailer.
- “The Winding Stream”, documentário histórico de Beth Harrington, que retrata as raízes da dinastia musical americana composta pelos Carters e os Cashes. O filme acompanha o declínio, influência, a transformação na atuação das irmãs Carter, a aliança matrimonial com o legendário Johnny Cash e o empenho no atual  destas famílias em manter vivo o seu legado. Ver
 Trailer.
- “Que Caramba es la Vida” de Doris Dörrie sobre o mundo machista ‘Mariachi’ no México onde poucas mulheres conseguem entrar. Mais do que música, é um modo de vida altamente masculino que domina este tipo de ‘negócio’. A primeira banda feminina mariachi, formada em 1959, ainda toca nos dias de hoje. História de amor, vida e morte e de um caminho no meio de ambas. Ver
 Trailer.

O MUVI Lisboa'14 é o primeiro festival de cinema específico sobre música e de 3 a 7 de setembro vai invadir o Cinema São Jorge em Lisboa com o que de melhor se tem feito no âmbito do cinema sobre música.

Continuem a colocar o MUVI Lisboa em acção, basta 1 acorde em: http://ppl.com.pt/pt/prj/muvilisboa

Espectáculo "O Manual da Felicidade" de João Negreiros, hoje em Famalicão


Clicar na imagem

quarta-feira, agosto 06, 2014

FUEL TV_Estreia Virtual Fest


VIRTUAL FEST EM ESTREIA ABSOLUTA NO FUEL TV
UM MAGAZINE SEMANAL INTEIRAMENTE DEDICADO À MÚSICA E AOS FESTIVAIS

O programa televisivo VIRTUAL FEST é a mais recente aposta do FUEL TV para este Verão. Depois da première do episódio piloto, vai para o ar esta quinta-feira às 22 horas o episódio de estreia da primeira temporada, constituída por 12 episódios.O VIRTUAL FEST pretende ser um magazine semanal inteiramente dedicado à Música e aos Festivais.
Apresentado por Ana Silvestre, uma apaixonada por Música Rock e Metal, com provas dadas no mundo da televisão, onde também no FUEL TV, apresentou o programa Action Sports Plus. Ana, conta com uma larga experiência na área da produção de eventos de música electrónica e alternativa.
Para Fernando Figueiredo, Director Geral do FUEL TV, “A Aposta no universo da Música surge naturalmente.A música a par dos Desportos de Acção, está entre os principais interesses dos Viewers FUEL TV. O VIRTUAL FEST vem preencher um espaço na ligação destes dois universos através de uma curadoria artística pensada para ir ao encontro dos amantes dos desportos de acção”.
O novo programa VIRTUAL FEST, nasce depois do sucesso do lançamento da App Mobile, também com o mesmo nome. Disponível para os sistemas IOS e Android, é uma aplicação móvel inteiramente gratuita, que dá informação sobre todos os Concertos e Festivais de Verão, e que já conta com mais de 10.000 subscritores.
Centrado nas principais novidades dos Festivais e do mundo da Música, o VIRTUAL FEST, é composto por 6 segmentos de rubricas fixas:
- ENTREVISTA – Um espaço de diálogo com Bandas e Artistas que se relacionam com o Mundo dos Desportos de Acção.
- MY PLAYLIST – Uma rubrica que pretende cruzar o Mundo dos Desportos de Acção com o mundo da música, onde teremos em destaque as escolhas dos principais atletas das modalidades CORE presentes na programação do FUEL TV.
- ON THE ROAD – Um segmento de reportagem aos principais Festivais, com entrevistas às bandas, aos festivaleiros e à organização dos Festivais.



- A TROMPA -Uma rubrica que conta com a colaboração semanal deRui Dinis,autor do blogue A Trompa*, semanalmente irá fazer uma selecção de discos e bandas a ter no radar.
*A Trompa é um blog publicado por Rui Dinis desde os primeiros dias de Janeiro de 2004. É um blogue dedicado à música e aos músicos portugueses dos séculos XX e XXI. Não há limitações quanto a nomes, géneros ou temas, os únicos critérios prendem-se apenas com o gosto e/ou a vontade do seu único autor.Depois e mais do que um blog, a trompa é uma espécie de galáxia a orbitar em torno da música portuguesa.
- MY CLICK - Um segmento dedicado à Fotografia de Concertos e Festivais. Onde iremos entrevistar fotógrafos que irão seleccionar e apresentar-nos as suas fotos de eleição tiradas nos principais palcos por todo o País.
- PASSATEMPOS & AGENDA -o VIRTUAL FEST terá semanalmente Passatempos especiais e uma agenda dedicada aos Festivais e Eventos de Música mais relevantes para o Universo FUEL TV.



Fusing divulga horários e programaç ão completa

AUREA ASSINA PARCERIA COM RUELA MUSIC

aurea
Fotografia: Mário Galiano
AUREA ASSINA PARCERIA COM RUELA MUSIC MANAGEMENT
Aurea, uma das mais conceituadas vozes da nova geração de artistas portugueses acaba de unir-se à Ruela Music, líder de mercado na área de agenciamento e management.
A junção da artista galardoada nacional e internacionalmente à empresa Ruela Music, especializada na produção de espectáculos, management e agenciamento de artistas, representante exclusiva de alguns dos maiores nomes da música, deixa entrever surpresas e um novo período de criatividade e inovação para a indústria musical portuguesa.
“Num momento de mudanças, começo uma nova etapa da minha vida profissional da melhor maneira. Estou certa que esta união será duradoura e trará muitos frutos.”   Aurea 
É um enorme privilégio poder trabalhar com a Aurea e colaborar para que a sua carreira tenha mais sucesso a cada dia.”    Ruela

logoruelamusic_b-01

MARIA ANA BOBONE É CONVIDADA DA ORQUESTRA CHINESA DE MACAU

14  Julho 2014
cid:image003.jpg@01CF736E.BAE43AF0

MARIA ANA BOBONE E ORQUESTRA CHINESA DE MACAU
16 DE JULHO |  LARGO DO TEATRO NACIONAL SÃO CARLOS


Maria Ana Bobone é solista convidada da Orquestra Chinesa de Macau para a sua tournée portuguesa este Verão.

O primeiro destes concertos será no Festival ao Largo, já esta 4ª feira, pelas 21:30 no largo do Teatro Nacional de S. Carlos em Lisboa (entrada livre)

Sob a direção de Pang Ka Pang, e com os solistas Deng Li (pipa), Jia Lei (sheng) e Tian Ding (suona).  A orquestra formada por 34 músicos que tocam instrumentos tradicionais chineses, apresentará peças do seu repertório bem como arranjos originais para alguns clássicos como: "Fado Xuxu", "José embala o Menino", entre outros. De destacar ainda, "Auto-retrato" - tema composto pela própria Maria Ana Bobone para um poema de Rodrigo Serrão.
Contará ainda com a participação de Sandro Costa (guitarra portuguesa), André Teixeira (viola fado) e Rodrigo Serrão (contrabaixo).

Próximas datas:

Dia 18 de Julho | Teatro Luisa Todi | Setúbal
Dia 19 de Julho | Cine Teatro | Torres Vedras

30º FESTIVAL DO CRATO |Programa especial dá boas-vindas aos campistas


A comemorar os 30 anos de existência, o Festival do Crato, que se realiza de 27 a 30 de agosto, preparou um programa especial de receção ao campista no dia 26 de agosto, no parque de campismo do festival.

A partir das 23:30 horas a noite contará com as atuações dos brasileiros DJ Patife e DJ João Dinis, que assegurarão festa e alegria pela madrugada.

O Parque de Campismo do festival fica situado a 400 metros do recinto do festival, numa área criada ocasionalmente para esse efeito; é acessível aos titulares de passe para os 4 dias do Festival, até ao limite da sua lotação. É possível aceder ao parque a partir das 10 horas do dia 26 de agosto, mediante a apresentação da pulseira devidamente colocada, que pode ser comprada/trocada nas bilheteiras (entradas do Festival e do Camping):

O parque tem um espaço útil de aproximadamente 10.000 m2, tendo sido reforçadas a área de sombra e a segurança para que o bom ambiente e a boa disposição prevaleçam. Foi, também, criada uma zona reservada para fogareiros elétricos e lava-loiças. Haverá sanitários e chuveiros no parque, acessíveis 24 horas por dia. O Snack-Bar está aberto das 6h às 21h.

O serviço de Camping encerra (check-out) no domingo (31 de agosto) às 17h.
Para além de muita e boa música, os festivaleiros poderão praticar desportos radicais, como escalada, segway e slide, no Fun Park junto à zona de campismo.

SOPHIA | TOUR "AMOR À SEGUNDA VISTA | DIA 18 DE AGOSTO | CORUCHE


SOPHIA

DIA 18 DE AGOSTO | CORUCHE |23:00 H


Amor à segunda vista” é uma viagem de influências, e por isso mesmo, um espetáculo bastante eclético que promete levar o público a sentir como se estivesse a fazer uma viagem pelo mundo, passando por vários países, como o Brasil, Argentina ou Cabo Verde, sem nunca perder de vista a Lusofonia e o nosso Fado porque essa é a forma como a artista sente a música portuguesa.

Acompanhada por 4 músicos, conta com a sonoridade da Guitarra Acústica, das Teclas, do Baixo Elétrico/Freetless e da Bateria/Percussão, para serem o principal transporte para esta viagem que leva a nossa imaginação a percorrer o mundo.
Nunca esquecendo as palavras dos grandes poetas como Alexandre O´Neil, David Mourão-Ferreira, João Monge, Eugénia Ávila Ramos, Sérgio Godinho, AC Firmino, entre outros pois são eles que fazem verdadeiramente a ligação com o que é nosso e por isso mesmo estão fortemente presentes nesta viagem.
As viagens são sempre motivo de grande alegria e espirito aberto, esta não vai ser diferente.

Músicos:  Pedro Soares (guitarra acústica) | Nuno Louro ( piano/teclados)| Nuno Oliveira (baixo eléctrico, fretless) | Rui Reis(bateria/percussão)



Revista Arte Sonora


www.artesonora.pt

segunda-feira, agosto 04, 2014

Playlist BMP


Nuno Lupi_December Song
Phama - Nao Vou Ca Estar
UHF_Era de noite e levaram
Gritali_Saudades (2004)
Vitor Dias_Raio de Luz
Karpa Koi_Sentidos proibidos
Gritali_Nao consigo compreender
Vasco Balio_Gravata
Gritali_Noites
D3O_Coldnt care at all
Nuno Guerreiro_Tento saber
Gritali - Comemoracoes injustificadas
Lisamona_Old Back the rain
ROXIGENIO_Stiff Nicked Obstinated
Ferro & Fogo_Sta_Apolonia
Johnny Johnny_Volto Ja
Manifesto_Aos domingos vou a bola
Ferro & Fogo - Super Homem

domingo, agosto 03, 2014

The Tokyo Flash Band

http://www.reverbnation.com/thetokyoflashband

Estes Nova Yorquinos descobriram-me num site de musica. Fizeram-se fãs no reverbnation...e eu também!

Bom som!

Adriano Correia de Oliveira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Adriano Correia de Oliveira
Informação geral
Nome completoAdriano Maria Correia Gomes de Oliveira
Nascimento9 de abril de 1942
OrigemAvintes
País Portugal
Data de morte16 de outubro de 1982 (40 anos)
Género(s)fado de Coimbramúsica de intervençãomúsica popular portuguesa
Adriano Maria Correia Gomes de OliveiraGOIH • ComL (Porto9 de abril de 1942 —Avintes16 de outubro de 1982) foi um músicoportuguês que se mudou para Avintes ainda com poucos meses de vida.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filho de Joaquim Gomes de Oliveira e de sua mulher, Laura Correia, Adriano foi um intérprete do fado de Coimbra e cantor de intervenção. A sua família era marcadamentecatólica, crescendo num ambiente que descreveu como «marcadamente rural, entre videiras, cães domésticos e belas alamedas arborizadas com vista para o rio». Depois de frequentar o Liceu Alexandre Herculano, no Porto, matriculou-se na Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, em 1959. Viveu na Real República Ras-Teparta, foi solista no Orfeon Académico, membro do Grupo Universitário de Danças e Cantares, actor no CITAC, guitarrista no Conjunto Ligeiro da Tuna Académica e jogador de voleibol na Briosa. Na década de 1960 adere ao Partido Comunista Português, envolvendo-se nas greves académicas de 62, contra o salazarismo. Nesse ano foi candidato à Associação Académica de Coimbra, numa lista apoiada pelo MUD.
Data de 1963 o seu primeiro EPFados de Coimbra. Acompanhado por António Portugal eRui Pato, o álbum continha a interpretação de Trova do vento que passa, poema de Manuel Alegre, que se tornaria uma espécie de hino da resistência dos estudantes à ditatura. Em1967 gravou o álbum Adriano Correia de Oliveira, que, entre outras canções, tinha Canção com lágrimas.
Em 1966 casa-se com Maria Matilde de Lemos de Figueiredo Leite, filha do médico António Manuel Vieira de Figueiredo Leite (CoimbraTaveiro, 11 de Outubro de 1917 - Coimbra, 22 de Março de 2000) e de sua mulher Maria Margarida de Seixas Nogueira de Lemos (Salsete, São Tomé, 13 de Junho de 1923), depois casada com Carlos Acosta. O casal, que mais tarde se separaria, veio a ter dois filhos: Isabel, nascida em 1967 e José Manuel, nascido em1971. Chamado a cumprir o Serviço Militar, em 1967, ficaria apenas a uma disciplina de se formar em Direito.
Em 1970 troca Coimbra por Lisboa, exercendo funções no Gabinete de Imprensa da FIL -Feira Industrial de Lisboa, até 1974. Ainda em 1969 vê editado o álbum O Canto e as Armas, revelando, de novo, vários poemas de Manuel Alegre. Pela sua obra recebe, no mesmo ano, o Prémio Pozal Domingues.
Lança Cantaremos, em 1970, e Gente d' aqui e de agora, em 1971, este último com o primeiro arranjo, como maestro, de José Calvário, e composição de José Niza. Em 1973 lançaFados de Coimbra, em disco, e funda a Editora Edicta, com Carlos Vargas, para se tornar produtor na Orfeu, em 1974. Participa na fundação da Cooperativa Cantabril, logo após aRevolução dos Cravos e lança, em 1975Que nunca mais, onde se inclui o tema Tejo que levas as águas. A revista inglesa Music Week elege-o Artista do Ano. Em 1980 lança o seu último álbum, Cantigas Portuguesas, ingressando no ano seguinte na Cooperativa Era Nova, em ruptura com a Cantabril.
Vítima de uma hemorragia esofágica, morreu na quinta da família, em Avintes, nos braços da sua mãe.
A 24 de Setembro de 1983 foi feito Comendador da Ordem da Liberdade e a 24 de Abril de 1994 foi feito Grande-Oficial da Ordem do Infante D. Henrique, em ambos os casos a título póstumo.1

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns[editar | editar código-fonte]

  • 1967 - Adriano Correia de Oliveira (LP, Orfeu, XYZ 104)
  • 1969 – O Canto e as Armas (LP, Orfeu, STAT 003)
  • 1970 – Cantaremos (LP, Orfeu, STAT 007)
  • 1971 – Gente de aqui e de agora - LP STAT 010)
  • 1975 – Que nunca mais (LP, Orfeu, STAT 033)
  • 1980 – Cantigas Portuguesas (LP, Orfeu, STAT 067)

Compilações[editar | editar código-fonte]

  • 1973 - Fados de Coimbra
  • 1982 - Memória de Adriano
  • 1994 - Fados e baladas de Coimbra
  • 1994 - Obra Completa
  • 2001 - Vinte Anos de Canções (1960-1980)
  • 2007 - Obra completa

Singles e EP[editar | editar código-fonte]

  • Noite de Coimbra (EP, Orfeu, 1960) [Fado da Mentira/Balada dos Sinos/Canta Coração/Chula] Atep 6025
  • Balada do Estudante (EP, 1961) [Fado da Promessa/Fado dos Olhos Claros/Contemplação/Balada do Estudante] Atep 6033
  • Fados de Coimbra (EP, 1961) [Canção dos Fornos/Balada da Esperança/Trova do Amor Lusíada/Fado do Fim do Ano] Atep 6035
  • Fados de Coimbra (EP, 1962) [Minha Mãe/Prece/Senhora, Partem Tão Tristes/Desengano] Atep 6077
  • Trova do vento que Passa (EP, 1963) [Trova do Vento que Passa/Pensamento/Capa Negra, Rosa Negra/Trova do Amor Lusíada] Atep 6097
  • Adriano Correia de Oliveira (EP, 1964) [Lira/Canção da Beira Baixa/Charama/Para que Quero Eu Olhos] Atep 6274
  • Menina dos Olhos Tristes (EP, 1964) [Menina dos Olhos Tristes/Erguem-se Muros/Canção com Lágrimas/Canção do Soldado] Atep 6275
  • Elegia (EP, 1967) [Elegia/Barcas Novas/Pátria/Pescador do Rio Triste] Atep 6175
  • Adriano Correia de Oliveira (EP, 1968) [Para que Quero Eu Olhos/Canção da Terceira/Sou Barco/Exílio] Atep 6197
  • Rosa de Sangue (EP, Orfeu, 1968) Atep 6237
  • Cantar de Emigração (EP, Orfeu, 1971) Atep 6400
  • Trova do Vento Que Passa nº2 (EP, Orfeu, 1971) Atep 6374
  • Lágrima de Preta (EP, Orfeu, 1972) Atep 6434
  • Batalha de Alcácer-Quibir (EP, Orfeu, 1972) Atep 6457
  • O Senhor Morgado (EP, Orfeu, 1973) Atep 6542
  • A Vila de Alvito (EP, Orfeu, 1974) Atep 6588
  • Para Rosalía (EP, Orfeu, 1976) Atep 6604
  • Notícias de Abril (Single, Orfeu, 1978) [Se Vossa Excelência.../Em Trás-os-Montes à Tarde] KSAT 633