sexta-feira, janeiro 31, 2020

Visitas +


Reino Unido

Rússia

Portugal

Brasil

Estados Unidos

França

Filipinas

Ucrânia

Canadá

Alemanha 
 
 

"Take it so hard" - Keith Richards


Rita Costa Medeiros - Primeiro single

 


Rita Costa Medeiros é natural dos Açores, onde nasceu em 2000.
A música tem sido muito mais do que uma paixão, sendo uma verdadeira presença constante e quase obrigatória em todos os momentos da sua vida.
Ingressou no Conservatório aos cinco anos de idade, tendo estudado violino e canto. O piano, o ukulele e a guitarra só apareceram alguns anos mais tarde e de uma forma completamente autodidata.
Cantou em coros infanto juvenis e participou em diversos festivais da canção.
Todo este percurso veio confirmar a convicção de que a música era o elemento que dava sentido à sua vida.
O single de estreia de Rita Costa Medeiros intitula-se ‘Tentei’ e serve de apresentação aquele que irá ser o seu álbum de estreia, com data de edição prevista para o final de 2020.

Musica nova de Manuel De Oliveira


Manuel de oliveira, um dos mais prolíficos e bem sucedidos instrumentistas portugueses contemporâneos, é também detentor de um consciente e sólido percurso internacional.
 
O Músico e compositor, apresenta-nos agora o seu mais recente tema, intitulado 'Neia'.
 
Segundo Manuel de Oliveira, " 'Neia' é uma música sobre o amor, essa coisa mágica que nos transforma por dentro e nos faz transcender inexplicavelmente todo o acontecimento do 'mundo' em nós".
 
'Neia' é, sem sombra de dúvidas, um tema onde podemos confiar o virtuosismo e o talento criativo deste músico português, numa composição que nos transporta numa mágica viagem através de diversos estados de espírito: da melancolia à saudade; da ânsia e da tensão à serenidade.
 
O tema 'Neia', que conta com a participação de Sandra Martins no violoncelo, e João Frade no acordeão, está disponível em todas as plataformas digitais a partir do dia 31 de Janeiro de 2020.
 
 


Filme Corpus Christi

 


Um filme de Jan Komasa

 


Hellish War ao vivo

Hellish War apresenta show da turnê "Wine Of Gods" neste sábado em São Paulo
A apresentação acontece no Augusta 339 e também contará com shows de Living Metal e Mothera
“Wine Of Gods”, novo álbum de estúdio do Hellish War, vem sendo apontado, por imprensa e público, como um dos melhores trabalhos da carreira do quinteto paulista de heavy meta tradicional.
Além de ter ficado entre os cinco álbuns mais vendidos da loja Die Hard em 2019, “Wine Of Gods” vem colecionando elogios de alguns dos mais importantes jornalistas e críticos de rock do país: "Melhor álbum do Hellish War!" (Leandro Coppi - Roadie Crew); "Uma aula de como se fazer o estilo" (Vitor Franceschini - Arte Metal); "Assombroso no quesito música de qualidade" (Celso Lopes - Rumors Mag); "Verdadeiros!" (João Messias Jr. - New Horizons); "Altamente recomendado" (Thomas Engel - Detector de Metal); "Maduro, intenso e verdadeiro" (Sergiomar Menezes - Metal Na Lata); "O álbum mais maduro e inspirado do quinteto" (Leandro Vianna - A Música Continua A Mesma); "Dez sons de alta qualidade" (Alexandre Veronesi - Whiplash).

Financiado pelo Proac Editais, programa de investimento direto do Governo do Estado de São Paulo através da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, “Wine Of Gods” foi gravado no Omni Studio em Cosmópolis/SP e no Reverbera Studio em Santos/SP e mixado e masterizado no PiccoliStudio em Londres, Inglaterra, por Ricardo Piccoli. Dez faixas inéditas compõem esse novo trabalho do Hellish War, entre elas “Warbringer” que traz a participação especial de Chris Boltendahl do Grave Digger.

O sucesso do novo álbum, aliado a solidez de uma carreira bem-sucedida de mais de 20 anos, tem sido determinantes para as conquistas mais recentes do grupo, como a confirmação do Hellish War no line-up do Abril Pro Rock 2020.
Mas antes de Abril, o Hellish War tem outras datas de shows para cumprir. Uma delas acontece neste sábado, 01 de Fevereiro, em São Paulo, ocasião em que Bil Martins (vocal), Vulcano (guitarra), Daniel Job (guitarra), JR (baixo) e Daniel Person (bateria) trazem, pela primeira vez à capital paulista, o show da turnê “Wine Of Gods”.
A apresentação que mesclará músicas do novo álbum com clássicos da carreira da banda, acontece no bar Augusta 339 (Rua Augusta, 339) a partir das 17h30 e também contará com shows do Living Metal e Mothera.
Os ingressos, antecipados, já estão sendo vendidos pelo sistema Sympla por R$ 20,00 e pode ser parcelado em até quatros vezes no cartão. Para comprar, acesse: http://bit.ly/2uHhYAn
A produção do show é do site Os Garotos de Liverpool. Confirme sua presença no evento oficial no Facebook: https://www.facebook.com/events/475298136727287/

Entre outras novidades, a versão em vinil de “Wine Of Gods” do Hellish War já está disponível.
Lançado pela Abigail Records de Portugal, são apenas 200 LPs de 180 gramas disponíveis nas cores preto e vermelho.
Uma loja exclusiva para vendas no Brasil já está disponível com frete grátis para todo país. Para garantir a sua cópia, acesse: http://abigailrecords.iluria.com/

“Wine Of Gods” também está disponível em CD Digipack e em versão digital para todas as plataformas de música:

Spotify: https://spoti.fi/33bJsuG
Deezer: http://bit.ly/2M68TbY
Google Play: http://bit.ly/2Yz8R2T
iTunes: https://apple.co/2OFK7RN
Amazon: https://amzn.to/2YREoZ7
Napster: http://bit.ly/2OM09K5
Youtube: http://bit.ly/33iVKRX





Mais Informações: 
Press Release e Gestão Cultural:
Eliton Tomasi - SOM DO DARMA

Vídeo "Como antes" de Dianna

"Como Antes"
de DIANNA atinge 1 Milhão de Views

Lançado no final de 2019,  "Como Antes", o tema de estreia de Dianna, o novo projecto musical de Diana Monteiro, tornou-se um êxito nas pistas de dança e nas preferências dos ouvintes, tendo atingido no início de 2020 a marca do 1 milhão de visualizações 
A música foi lançada no passado dia 22 de Novembro em todas as plataformas digitais. “Como Antes” é uma mistura de reggaeton com hip hop e equilibra dureza com sensualidade. A canção conta com produção de Dimelo Brasa, o multi premiado autor e produtor musical Dominicano que já colaborou com estrelas como J LoAnitta e J Balvin, entre outros.
DIANNA nasceu em Portugal mas passou grande parte da sua infância em Espanha, partilhando música com a família e amigos. Desses tempos ficou-lhe a voz e a alma musical, que canta em espanhol.
Sobre a oportunidade e experiência de colaborar com Dimelo Brasa, DIANNA conta: “Quando conheci o Brasa, em Miami, a intenção era fazer apenas uma canção. A surpresa foi a química artistica que sentimos em estúdio, que foi tão grande, que acabámos por gravar duas canções. O “Como Antes“ foi o tema que não estava planeado, mas é o single de estreia! Esta música representa-me dum modo tão fiel e verdadeiro que tinha que ser a minha apresentação ao mundo. Nunca tinha gravado reggaeton e, de repente, estava a cantar e a sentir que devia ter feito aquilo a vida toda. O Brasa consegue levar-me para o meu elemento, o “Como Antes“ é reggaeton para “perrear“ mas viaja entre dois universos distintos ao longo da música. Tem um pouco da essência do hip hop, que eu sempre ouvi e que conseguimos trazer para o tema e acho que foi essa fusão que o tornou tão especial. Estar em estúdio com o Brasa foi das melhores experiências da minha vida, fiquei com um amigo que é mega talentoso e tem uma sensibilidade enorme para tirar o melhor de cada artista.”
Juan M. Frias, ou Dimelo Brasa, é co-autor em temas como “Te Gusté” de Jennifer Lopez; “Sensualidad” de Bad BunnyPrince Royce e J Balvin; “Não Perco Meu Tempo” de Anitta, entre outros. Multi premiado, conta com MTV AwardsBMI AwardBillboard Latin Music Award e uma nomeação para os Grammy Latinos.
DIANNA é um símbolo de transversalidade, que perpassa culturas e fronteiras, unindo países que estão historicamente separados e "Como Antes" vem para conquistar o mundo!

Sobre DIANNA:
Nascida em Portugal e tendo família em Espanha e no Brasil, cresceu entre duas línguas, o Português e o Espanhol sem fronteira física ou linguística. Em pequena passava temporadas em Espanha e cantava e dançava para a família misturando português e espanhol. Quando regressava a Portugal, os professores corrigiam a mistura das línguas irmãs e o uso de calão espanhol, mas a barreira linguística e a fronteira física nunca existiram para DIANNA.
A maioridade trouxe-a à capital, Lisboa, para correr atrás do sonho e da música que nela sempre viveu. Depois de um casting intensivo é escolhida para aquela que viria a ser a maior girls band Portugal e integra o elenco da muito famosa série de TV juvenil, “Morangos Com Açúcar”. Após cinco anos de sucesso, milhares de discos vendidos, concertos esgotados nas maiores arenas do país, presença no palco principal de um dos maiores festivais do mundo, o ROCK IN RIO, e deixando uma enorme legião de fãs, o projecto chega ao fim.
Na senda do sucesso, DIANNA é convidada para integrar vários projectos televisivos, telenovelas e programas de entretenimento de grande audiência como “A Tua Cara Não Me É Estranha” e aceita o desafio de ser apresentadora num programa da TVI dedicado à música electrónica, o “Guestlist”. Em 2018 embarcou para Miami, onde entre a brisa sul americana e as suas raízes latinas, pôde reencontrar- se com a musicalidade original cantada em espanhol.
Com Dimelo Brasa, o produtor e songwriter dominicano, vencedor de vários prémios, nomeado para os Grammy Latinos e com obra musical feita para artistas como J Lo; Becky G; Bad Bunny, J Balvin e Anitta, entre muitos outros, DIANNA encontra uma alma gémea musical e juntos criam os seus primeiros temas cantados em Espanhol. Assim nasce “Como Antes”, uma fusão de reggaeton com hip hop, a seu tempo duro e sensual correspondendo a tudo o que é verdade na música e na artista que DIANNA é.

"Sei que sabes que sim" - EZ Special


"Love Will tear us apart" - Joy Division


quinta-feira, janeiro 30, 2020

Paulo Praça ao vivo no Porto e Lisboa

PAULO PRAÇA APRESENTA O NOVO ÁLBUM AO VIVO NO PORTO E LISBOA
APRESENTAÇÃO DE “UM LUGAR PRA FICAR”
15 FEVEREIRO, 22H30 – PLANO B, PORTO
28 FEVEREIRO, 22H30 – MUSIC BOX, LISBOA

“Homem de palco por excelência (quem nunca viu Paulo Praça a actuar, está a passar ao lado de uma das mais iconográficas figuras da Pop/ Rock nacional). Há aqui matéria para coros de grandes audiências bem como momentos de introspecção intensa.” - Pedro Abrunhosa

Depois do Porto, Paulo Praça confirma agora o concerto de apresentação do novo álbum no mítico Music Box, em Lisboa, no dia 28 de Fevereiro, às 22h30.
O músico natural de Vila do Conde vai finalmente apresentar ao vivo os temas de “Um Lugar Pra Ficar”, que foi considerado pela Imprensa, como o Blitz e a rádio Radar, como um dos melhores álbuns de 2019.

O álbum “Um Lugar Pra Ficar”, tem prefácio de Pedro Abrunhosa, e composições de nomes sonantes como o escritor Valter Hugo Mãe, o músico brasileiro Pierre Aderne, o jornalista Nuno Miguel Guedes, entre outros.
O músico conta ainda com a colaboração de músicos como Ângelo Freire (guitarra portuguesa), Mário Barreiros, as cantoras Emmy Curl e Diana Martinez e Eurico Amorim.

A primeira amostra do novo álbum foi o tema “Sabes Mãe”, com letra de Valter Hugo Mãe. O single atual é um tema escrito pelo jornalista Nuno Miguel Guedes, “A Mesma Canção”, e segue-se em breve a apresentação de um novo single do álbum.

O vídeo do single “A Mesma Canção” foi também considerado um dos melhores vídeos do ano: realizado por Paulo Pinto, teve a sua antestreia no 27º Festival Internacional de Curtas metragens de Vila do Conde na secção de Competição de Vídeos musicais numa seleção nacional e internacional de mais de 500 vídeos.

Paulo Praça, cantautor, compositor, multi-instrumentista e produtor tem colaborado com grupos e artistas como 3 Tristes Tigres, GNR, Pedro Abrunhosa e The Gift. Foi fundador dos grupos TurboJunkie, Grace e Plaza.
Protagonista do projecto “Amália Hoje”, que vendeu até ao momento quase 100,000 cds.

Gravou mais de 20 álbuns em todos os projectos que integrou. Atuou em todos os continentes, tendo passado por países como Austrália, Canadá, EUA, Rússia, China, Brasil, Macau, Marrocos, Espanha, França, Itália, Bélgica, Luxemburgo, Alemanha, Holanda entre outros e actuado em locais míticos como Central Park em Nova Iorque, ou Olympia em Paris.
Partilhou o palco com artistas como Stevie Wonder, Elton John, Bruce Springsteen, The Cure, Radiohead, Arcade Fire entre outros em Festivais de Verão.

Já trabalhou com alguns dos maiores produtores mundiais, como Ken Nelson (Coldplay, Gomez, Kings of Convenience), e mais recentemente com Brian Eno (David Bowie, Talking Heads, U2,etc.) numa aventura que durou quase 2 anos.

Com o novo álbum “Um Lugar Pra Ficar” Paulo Praça mostra mais uma vez o seu talento para oferecer preciosas jóias que são as canções, efémeras e essenciais no tempo. O músico encontra-se já a planear uma digressão do novo álbum. 

https://facebook.com/paulopraca/


Santana & Buika - Ao vivo


David Olney & Sergio Webb - Ao vivo


"Make no mistake" - Keith Richards


terça-feira, janeiro 28, 2020

Eric Clapton - "Blue eyes blue"


Visitas +


Austrália

Portugal

Brasil

Estados Unidos

França

Ucrânia

Espanha

Filipinas

Argentina

Canadá 

 
  •  
 

Yolanda Soares ao vivo

A Ópera e a música Pop/Rock juntam-se num espectáculo arrebatador e único no país.

 

A conhecida cantora lírica/crossover Yolanda Soares e o Vencedor de Rising Star Bruno Correia apresentam um espectáculo magistral, com interpretações extraordinárias, inovadoras e irreverentes onde contracenam num cenário envolvente com projecções de vídeo mapeadas. Este conceito apresenta ao público uma perspectiva mais moderna de abordagem ao universo erudito.

Duas das melhores vozes nacionais, dois dos artistas mais carismáticos em Portugal, unem-se assim, para criar momentos arrebatadores junto do público com alguns dos temas mais conhecidos do mundo, que se tornaram célebres nas vozes de: Andrea Bocelli, Sarah Brightman, Luciano Pavarotti, Lara Fabian, Plácido Domingo, Dulce Pontes, Madredeus, Amália Rodrigues, Montserrat Caballé, Freddy Mercury, Evanescence, etc.

Um espectáculo em que são revisitados temas do Fantasma da Ópera, Evita, Cats, Turandot, La Bohème, The Greatest Showman e muito mais com uma duração de hora e meia. 

 

Primeiras datas:
6 de Março - Casino da Póvoa 
21 de Março - Casino do Estoril 



Buba Espinho com primeiro single dia 31 Janeiro

Sobre Buba Espinho:
Tem apenas 24 anos e é natural de Beja. Desde cedo que vive e sente a música de raiz intensamente, pela mão do pai, também músico, que lhe transmitiu a importante missão de a preservar.

A relação entre dois patrimónios culturais imateriais da humanidade, o Cante Alentejano e o Fado, sente-se quando o ouvimos.

Fechemos os olhos, deixemo-nos levar numa verdadeira e inesquecível viagem com partida do Alentejo profundo a caminho de uma nova Lisboa.

Se o Cante Alentejano surge de pequeno com Buba, o Fado aparece mais tarde, mas de forma natural, como a estética que percebeu que iria cruzar em perfeita harmonia as influências das suas raízes. 

Apesar da sua jovem idade, Buba, tem já uma longa história na música, primeiro no Cante, onde integrou diversos grupos, os AdiafaA Moda Mãe,Os BubedanasMestre Cante e Há Lobos Sem Ser na Serra… Um vasto caminho que chegado a 2016, e assumindo já o seu lugar como fadista, vence a Grande Noite do Fado no Coliseu dos Recreios, tornando-se numa das mais aguardadas promessas da nova geração fadista.

É aí que decide iniciar a solo uma carreira que está há muito escrita. Faz os seus primeiros concertos a solo, explora a composição e as suas primeiras canções são gravadas. Desde então tem sido convidado regular em espectáculos de grandes nomes da música portuguesa: Rui Veloso, Ana Moura, António Zambujo, Celina da Piedade, Júlio Resende, entre muitos outros.

De Beja partiu para Lisboa, com passagem pelas mais icónicas casas de Fado da cidade, do Faia a Casa de Linhares, do Clube de Fado à Adega Machado, e daqui para os principais palcos nacionais, com marcantes atuações no Festival NOS Alive, no Coliseu de Lisboa, Coliseu do Porto, Casa da Música, CCB, Ovibeja, e muitos mais. Para além de Portugal,Buba, trilha ainda uma carreira que se prevê também de sucesso internacional, passando já por países como Inglaterra, Timor, Canadá, Espanha, Austria, Suiça, França

2020 é o ano que traz o seu primeiro disco de estúdio, e a difícil harmonia entre a juventude e a tradição, entre o interior e o litoral, o legado de gerações da música de raíz portuguesa com a coragem e determinação de arriscar e inovar.
Jovem cantor Alentejano lança o seu primeiro single, “Roubei-te um Beijo”, com a participação de António Zambujo e traz consigo o legado de várias gerações da música tradicional portuguesa.

Single e vídeo disponíveis em todas as plataformas a 31 de Janeiro.
“Roubei-te um Beijo” conta com a participação de António Zambujo no single e no vídeo. Foi escrito por Armando Torrão, cantador e autor do Cancioneiro Modas Populares do Concelho de Serpa.

Sobre este single, Buba conta-nos: "O meu pai é bastante amigo do autor, as minhas primeiras memórias de Cante Alentejano são na casa de Armando Torrão, em Serpa, com os tradicionais jantares alentejanos, com muito cante à mistura. Foi nessa casa que senti o grande impacto que é criado nas pessoas quando ouvem tantos homens a cantar. É aí que ganho o meu amor ao Cante e começa a fazer parte de mim. É aí que também ganho noção que gosto da música tradicional portuguesa.” 

A forma como conhece António Zambujo e como começa a sua ligação, está bem retratada no vídeo deste Single: “Noitadas no Alentejo a cantar, até às tantas”. Diz a sorrir.  "Foi aí que ele me deu muitos conselhos e me desafiou a vir para Lisboa, a arriscar. A fazer mais do que fazia na altura. É para mim como que uma figura paternal na música.”

Buba Espinho e António Zambujo, são conterrâneos, da mesma terra rural, onde poucos são os que arriscam, e ao ver uma personalidade como oZambujo, a arriscar e a alcançar o sucesso, as gerações mais novas, vindas do mesmo meio, acreditem em alcançar outros e novos objetivos que não serão possíveis no interior.

Uma aventura que Buba decidiu levar por diante. Com o talento que tem, este será apenas o primeiro passo de uma carreira que tem tudo para dar muitos frutos.

Convidamos assim todos os verdadeiros amantes da música portuguesa a não perder de vista este jovem autor e interprete. “Roubei-te um Beijo” é uma pérola mas ele promete muitos mais ainda este ano.

https://facebook.com/bubaespinhooficial/




Paulo Praça ao vivo no Porto e em Lisboa

PAULO PRAÇA APRESENTA O NOVO ÁLBUM AO VIVO NO PORTO E LISBOA
APRESENTAÇÃO DE “UM LUGAR PRA FICAR”
15 FEVEREIRO, 22H30 – PLANO B, PORTO
28 FEVEREIRO, 22H30 – MUSIC BOX, LISBOA

“Homem de palco por excelência (quem nunca viu Paulo Praça a actuar, está a passar ao lado de uma das mais iconográficas figuras da Pop/ Rock nacional). Há aqui matéria para coros de grandes audiências bem como momentos de introspecção intensa.” - Pedro Abrunhosa

Depois do Porto, Paulo Praça confirma agora o concerto de apresentação do novo álbum no mítico Music Box, em Lisboa, no dia 28 de Fevereiro, às 22h30.
O músico natural de Vila do Conde vai finalmente apresentar ao vivo os temas de “Um Lugar Pra Ficar”, que foi considerado pela Imprensa, como o Blitz e a rádio Radar, como um dos melhores álbuns de 2019.

O álbum “Um Lugar Pra Ficar”, tem prefácio de Pedro Abrunhosa, e composições de nomes sonantes como o escritor Valter Hugo Mãe, o músico brasileiro Pierre Aderne, o jornalista Nuno Miguel Guedes, entre outros.
O músico conta ainda com a colaboração de músicos como Ângelo Freire (guitarra portuguesa), Mário Barreiros, as cantoras Emmy Curl e Diana Martinez e Eurico Amorim.

A primeira amostra do novo álbum foi o tema “Sabes Mãe”, com letra de Valter Hugo Mãe. O single atual é um tema escrito pelo jornalista Nuno Miguel Guedes, “A Mesma Canção”, e segue-se em breve a apresentação de um novo single do álbum.

O vídeo do single “A Mesma Canção” foi também considerado um dos melhores vídeos do ano: realizado por Paulo Pinto, teve a sua antestreia no 27º Festival Internacional de Curtas metragens de Vila do Conde na secção de Competição de Vídeos musicais numa seleção nacional e internacional de mais de 500 vídeos.

Paulo Praça, cantautor, compositor, multi-instrumentista e produtor tem colaborado com grupos e artistas como 3 Tristes Tigres, GNR, Pedro Abrunhosa e The Gift. Foi fundador dos grupos TurboJunkie, Grace e Plaza.
Protagonista do projecto “Amália Hoje”, que vendeu até ao momento quase 100,000 cds.

Gravou mais de 20 álbuns em todos os projectos que integrou. Atuou em todos os continentes, tendo passado por países como Austrália, Canadá, EUA, Rússia, China, Brasil, Macau, Marrocos, Espanha, França, Itália, Bélgica, Luxemburgo, Alemanha, Holanda entre outros e actuado em locais míticos como Central Park em Nova Iorque, ou Olympia em Paris.
Partilhou o palco com artistas como Stevie Wonder, Elton John, Bruce Springsteen, The Cure, Radiohead, Arcade Fire entre outros em Festivais de Verão.

Já trabalhou com alguns dos maiores produtores mundiais, como Ken Nelson (Coldplay, Gomez, Kings of Convenience), e mais recentemente com Brian Eno (David Bowie, Talking Heads, U2,etc.) numa aventura que durou quase 2 anos.

Com o novo álbum “Um Lugar Pra Ficar” Paulo Praça mostra mais uma vez o seu talento para oferecer preciosas jóias que são as canções, efémeras e essenciais no tempo. O músico encontra-se já a planear uma digressão do novo álbum.