sexta-feira, dezembro 13, 2019

Novo single de Roseane Santos

Roseane Santos lança primeiro single de Fronteiriça

Pedras e escritos é fruto de uma parceria entre Roseane Santos, Luciano Faccini e o poeta Francisco Mallman
Já está disponível em todas as plataformas de streaming o novo single de Roseane Santos, cantora e compositora carioca que já integrou grupos como Serenô, Orquestra Maria Faceira e Noivas de Allfreddo. Com base em um poema do artista e pesquisador Francisco Mallman, a música Pedras e escritos versa sobre a urgência em nos agarrarmos às nossas crenças em tempos de cerceamento de direitos e desrespeito à liberdade e diversidade, como explica o produtor e diretor artístico do álbum, Luciano Faccini, também responsável por transformar o poema em canção. "A poesia da música tem essa evocação de cuidarmos seriamente das coisas que reconhecemos como fundamentais, de coisas que nos constituem e promovem uma visão utópica do futuro. Então a gente segura como quem grita 'liberdade', que é para poder construir o espaço para aqueles que ainda virão, com outras revoluções". 



Lyric video com fotos de Pretícia Jerônimo, artes de Thalita Sejanes, imagens do arquivo pessoal de Roseane Santos e animação de Lorenzo Molossi.

Como sonoridade, uma mistura de ritmos e harmonias de milonga, toques de exu e células de maracatu , além do baião. O single antecipa o que virá em Fronteiriça, primeiro álbum solo da cantora, com previsão de lançamento para o primeiro semestre de 2020. Os dois shows de pré-lançamento do álbum, realizados nos dias 6 e 7 de dezembro na Alfaiataria Cultural, em Curitiba, tiveram ingressos esgotados.

Fronteiriça

Com mais de 15 anos de carreira ligados à música popular, em especial ao samba e aos ritmos afro-brasileiros, Fronteiriça vem permeada pelas inúmeras experiências da artista nos últimos anos e dá forma a um movimento que representa um divisor de águas em sua carreira. Entre músicas suas, parcerias e canções de amigos artistas da cidade, Roseane apresenta um trabalho a um só tempo inaugural e maduro, revelando uma nova assinatura na sua trajetória. As canções habitam uma atmosfera tradicional mesclada com sonoridades contemporâneas, conectando textos que atravessam relações afetivas sem deixar de mirar as complexidades e violências do nosso tempo.  

O álbum conta com 10 faixas inéditas, entre elas canções e parcerias de amigas e amigos artistas da música, teatro, literatura e dança, como Ana Modesto, Ary Giordani, Bia Figueiredo, Francisco Mallmann, Leonarda Glück e Luciano Faccini. 

Créditos do álbum:

Roseane Santos - voz e direção artística
André Garcia - violão, guitarra e arranjos-base
Gabriela Bruel - percussão
Daniel D’Alessandro - bateria
Victoria Vilandez - contrabaixo 
Érica Silva - contrabaixo 
Luciano Faccini - clarinete, violão, direção artística e produção musical
Leonardo Gumiero - produção musical 
Thalita Sejanes - projeto gráfico
Moira Albuquerque - produção executiva


Sem comentários: