sábado, novembro 16, 2019

Nuno Lupi - "O Ballet de Morfeu"


Em Novembro, Nuno Lupi, edita “O Ballet de Morfeu”.

Com raízes no rock progressivo, musica clássica e experimentalismo electrónico, os 4 actos (+ uma peça de bónus) que compõem o primeiro álbum de Nuno Lupi estão disponíveis para downloadnas lojas digitais a partir do dia 22.
Uma edição limitada estará igualmente disponível em formato CD a partir daquela data.

1 - O Ballet de Morfeu (31’10)”

I.                  Acto I - Grand Jeté (09’32”)
II.                  Acto II - Adagio (07’17”)
III.                  Acto III - Fouetté (09’26”)
IV.                  Acto IV - Requiem 2.0 (04’55”)

2 - Pena (03’09”)

Composição, execução, arranjo, produção, mistura e masterização de Nuno Lupi
Gravado entre Maio e Outubro de 2019 no Sótão de Madeira Música
Artwork: 37designs_ (Julian Janetis)
© 2019 Nuno Lupi

Nuno Lupi – Ensaios 

Em 2005 numa fase que considera de “aprendizagem, crescimento e adaptação a novas tecnologias e métodos de composição” Nuno Lupi dá início a “um ciclo de ensaios musicais”.
“Vix”, “uma ficção sobre o interminável ciclo da vida”, foi o primeiro em 2007.
Seguiram-se-lhe “Intermezzo” em 2008 – “uma colecção de músicas criadas e registadas de forma quase frenética nos intervalos da criação de Vix” - e o “introspectivo “inner” em 2009.
O conjunto de 4 peças incluídas no EP “Gloom” em 2012 viria a encerrar, em definitivo, o “ciclo de ensaios”.

Nuno-Lupi-Logo-BIG-Vector-png.jpg

…e outras experiências

Em 2010 é convidado a participar no álbum “In This World” do projecto internacional “Babel Sin Fronteras” com mais 23 compositores provenientes de 12 países. Fá-lo com a peça “Auschwitz”.
Nesse mesmo ano a pedido do grupo de Teatro “The Otero Players” do departamento de artes da Otero Junior College no Colorado (USA), cede os direitos da sua música “Ad Summan  Senectutem Vivere” para abertura da peça “W;t” de Margaret Edson.
No ano seguinte compõe a banda sonora do filme “Desalinhado” (2011) de Bruno Santana.
Em 2015 a pedido da “Associação Teatro em Marcha” cede os direitos de seis músicas para a peça “Um Dia Será Diferente” de Rute Cruz.
Nesse mesmo ano cede a música “ensimesmado” para  o álbum de poesia “Língua” de m.parisy e conquista o 1º lugar no concurso de bandas de Outubro do Tradiio com a música “Hunting I” da banda sonora de “Desalinhado”.
Em 2016 cede os direitos de 2 músicas para a peça “Uma Árvore à Sombra” de Artur Branco integrada na Mostra T do Teatro Experimental de Cascais.
Em 2019 edita o seu primeiro álbum, “O Ballet de Morfeu”.

DISCOGRAFIA

Ciclo de Ensaios
2007 - Vix 
2008 - Intermezzo
2009 - inner
2012 - Gloom (EP)
Colaborações
2010 - In This World 
2015 - Língua 
Bandas Sonoras
2010 - W;t (Teatro)
2011 - Desalinhado (Cinema)
2015 - Um Dia Será Diferente (Teatro)
2016 - Uma Árvore à Sombra (Teatro)
Álbuns
2019 - O Ballet de Morfeu



PALAVRAS
“To put it simply Nuno Lupi is just a brilliant composer. His music is both breathtaking and skillful, blending the craft of sound with imagery seemlessly placed to expel the richness of performance.”
Ryan Boos - Twilight Frequencies

"...Nuno Lupi compõe uma obra profunda e complexa... interessante, cravada de uma aura ambiental cativante."
Rui Dinis - A Trompa

" Nuno Lupi takes the air and gently moves it, weaves it, into sound so delicate and sweet that the mind and heart are instantly joined in a soothing dream-state where you can envision the deep greens and burnt oranges as they blend into autumnal colors as the music lifts you high above the trees and into visual palettes of rich deep emotions.
M Teresa Clayton (author of “Mystic Verses”” and “ Storyteller)

“Nuno Lupi is a wonderful and gifted Composer. His second album is another truly inspired. "Momentum", which debuts the Intermezzo Album has an unforgettable melody and so it is through the entire album... Power of strong and beautiful dramatically musical phrases; give a very special and emotive language through the entire Album. The orchestration of the music is of such a refined taste, and Nuno does it in such a perfect way, that we can only enjoy. The beautiful sounding piano is the central element of Lupi´s music and the sweet sound echoes in our mind when the album finishes. A Must Have!”
Vasco Duarte Abranches

"A sua música é sítio da nostalgia onde desaguam os rios da alma; estuário desabrigado, suavizando-se entre colinas mansas. Toda a melancolia e beleza estendendo dedos e encontrando afecto. Música sem arestas, sem esquinas, sem becos. Entoar de emoção onde descansa a vida. Um convite para ficar. Um convite para repetir. Quebra a pálpebra fatigada, levita, motiva a palavra , encanta a fotografia. Música que não grita, nem pede multidão. Ouvida no segredo profundo da solidão, partilhada como pausa entre silêncios. Toda a sua música canta uma história. E ela entra em nós como perfume de terra molhada, tragando o momento e nele criando raízes. Não dizer mais, porque as palavras são inúteis quando o encantamento é todo ele feito do ouvir."
Laura Silva 


Sem comentários: