quarta-feira, abril 24, 2019

Sopas De Chavalo Cansado

BIO:
Os Sopas de Chavalo Cansado, banda de rock progressivo portuguesa, lançaram dia 8 de Janeiro, o seu primeiro álbum - “Forte”.
Mais de três anos de ensaios e concertos, onde a banda pôs à prova o seu repertório, resultaram nestes 7 temas originais que compõem o álbum de estreia.
Os Sopas de Chavalo Cansado, banda de rock progressivo portuguesa, lançaram  a  dia 8 de Janeiro, o seu primeiro álbum - “Forte”.
Com letras do artista plástico João Ribeiro e colaborações diversas como Pedro Sena Nunes na realização do vídeo do 1º single deste álbum - “Não mais deixarei de bater à tua janela”, os Sopas gostam de afirmar que, mais que uma banda, são um coletivo artístico.
Com Bruno Figueiredo na voz, Cláudio Campos no baixo, Daniel Torgal na bateria e Duarte Ribeiro na guitarra e depois de outras formações e de um EP publicado, “Produto Eterno Bruto” (2015), o som dos Sopas continua a evoluir e apresenta-se mais forte que nunca neste álbum.
Ao longo destes anos já passaram por vários festivais e salas como o Cine Incrível em Almada, Popular de Alvalade, Tokyo Lisboa no Cais do Sodré, Disgraça, Festival MUVI, Fnacs,  entre outros. No Festival de Música Moderna de Loures, em 2016, conseguiram o primeiro lugar, com Rita Red Shoes e Sebastião Antunes (Sebastião Antunes & Quadrilha) como alguns dos jurados, tendo posteriormente realizado a primeira parte do concerto dos Ladrões do Tempo.
 
“Os Sopas, para mim, são um movimento muito próprio, senhores de outra estética não muito comum no panorama musical em Portugal" Marco Cesário, músico em bandas como União das Tribos e Sophia e os Senhores Roubados.

"O reconhecimento não deve tardar, mas mais importante que isso é o sentido de dever cumprido… Por vezes a salvaguarda de ser único é o saber estar. Os Sopas são uma banda para se ouvir com atenção, porque são bons" Jorge Louçãodos Rockivários .

Sem comentários: