segunda-feira, setembro 10, 2018

Coffe Or Not com novo Álbum dia 4 Outubro


O ano “N” dos Coffee Or Not
(“Hidden Floor”, lançamento oficial: 4 de outubro de 2018 - Purple K/COD&S)

“N” como Novo álbum. “N” como Nove, o numero de faixas neste 5o álbum. “N” como o Nono ano do dueto.

Em 2009, Renaud e Soho decidiram criar Coffee Or Not, inicialmente apenas com duas guitarras acústicas. De qualquer modo, bateria, guitarra eléctrica, guitarra baixo e teclados, passaram rapidamente a fazer parte do seu set de instrumentos. Foi desta forma que a sonoridade folk se foi desvanecendo, tornando-se em algo mais eléctrico, mais atmosférico e mais progressivo.

Desde o 4o álbum (Everything is falling down - 2016), através dos loops de guitarra eléctrica, viram a chave para o que procuravam: soar como uma banda de vários músicos enquanto tocavam apenas como dueto, tanto ao vivo como no estúdio. Os loops providenciam uma estrutura alternativa às suas musicas, bem como uma essência progressiva e uma textura densa.

Graças a esse álbum anterior, o dueto fez uma intensa digressão por toda a Europa. Fica a agradável memória de 145 espectáculos em 15 países diferentes. Contudo, agora é tempo de mudança e tempo de voltar novamente à estrada, com um novíssimo quinto álbum. Algo novo para ir ainda mais longe, musicalmente e geograficamente. E se compor um novo álbum fosse sempre tentar superar o que foi feito antes?

Para adicionar um pouco de contraste aos loops - estruturas das suas musicas -, Soho e Renaud improvisaram pela primeira vez partes de teclados, baterias, vozes, guitarras e glockenspiel (género de xilofone). Algo novo: mistura das estruturas repetitivas e progressivas com partes inesperadas de improviso, tanto no álbum como no palco.

Renaud Versteegen
Na sua vida anterior, Renaud era bombeiro em Bruxelas, tocava bateria noutros projectos (One Horse Land, Ruacutane, etc.) e era também um dos guitarristas ao vivo de Karim Baggili. Mas tudo isto foi antes dos Coffee Or Not, onde ele salta da guitarra para a bateria enquanto canta. Instrumentista múltiplo, ele também tem gravado e misturado os álbuns dos Coffee Or Not desde o terceiro (Sore – 2014). Ter controlo total no processo, aprendendo, falhando, evoluindo e tentando, é crucial para ele. Um trajecto que também o levou a gravar outros projectos.

Soho Grant
Soho nasceu em Kalinga (Filipinas) e chegou à Bélgica em 1986 para ser adoptada. Mais tarde, estudou filosofia e mais tarde ainda, começou a tocar sozinha (voz e guitarra) e também com outros projectos (Peter Classen, Laurent Ancion, etc.). No inicio dos Coffee Or Not, ela cantava, tocava guitarra e rapidamente começou a tocar teclados, glockenspiel e bateria. Com o passar dos anos e dos álbuns, e graças a este dueto, ela tem tido a oportunidade de satisfazer seu projecto de planear tournées pela Europa. Por isso mesmo, ela criou recentemente uma pequena estrutura DYI (OWL), de modo a fortalecer os laços com promotores independentes que ela foi conhecendo durante as digressões dos Coffee Or Not, e para apoiar musicos independentes de Bruxelas, Leuven, Grécia e Croácia, planeando-lhes tournées.

Sem comentários: