sábado, agosto 05, 2017

Paulo Bragança - Biografia

Nasceu em Luanda em 1971 na entãocolónia portuguesa de Angola.
Desde muito novo ouviu o Fado, género admirado pelo seu pai, que também tocava como amador a guitarra portuguesa.
Quando a família se instala em Portugal, vai viver para Bragança, até se mudar para Lisboa, onde frequenta aFaculdade de Direito de Lisboa[1]. Por essa altura começou a cantar no Bairro Alto, atuando também numa noite de fados promovida pela Associação Académica de Lisboa. Esta experiência leva-o a seguir uma carreira musical e Paulo Bragança grava o seu primeiro disco em 1991.[2]
A aparição de Paulo Bragança chocava os espíritos tradicionalistas do mundo do Fado. Desde logo pela forma de vestir, usando camisolas de manga curta ou casacos de cabedal e calçando botas de combate ou cantando totalmente descalço. Cantar descalço seria um pormenor pelo qual passaria a ser reconhecido.[1]
Em 1992 colabora no disco Camões, as descobertas… e nós de José Cid. Em 1993 participou no 29º Festival RTP da Canção com o grupo Cid, Bragança & Ca. Lda., formado com José Cid, tendo o tema "O Poeta, o Pintor e o Músico" arrecadado o 2º lugar, numa edição vencida por Anabela.[3]
O seu segundo álbum Amai foi editado em 1994 pela editora Polygram.[4] viria em 1996 a integrar o catálogo da editora de David Byrne, a Luaka Bop.[2]
Em 1996 é lançado o álbum Mistério do Fado.
No cinema, participou no filme Tráficode João Botelho, com estreia em 1997, no papel de "Padre Lino", ao lado de nomes como Maria Emília Correia,Alexandra LencastreLaura Soveral,Isabel de CastroJoão PerryRita Blancoou Canto e Castro.[5][6].
Em 2001 é editado pela Ovação o álbumLua Semi-nua.
Vai viver para a Irlanda onde, nos primeiros anos, vive uma vida de reclusão. Começa depois a estudar filosofia. Nesse país participa na curta metragem Henry and Sunny, do realizador Irlandês Fergal Rock.
Em 2011 regressa por alguns dias aPortugal. Dá uma entrevista a Edgar Canelas no programa "Vozes da Lusofonia" da Antena 1
Extraído da Wikipedia

Sem comentários: